Bruna Higa D'Ajuz de Brito


Terapia de casal - R$ 250
Terapia familiar - R$ 250
Terapia individual - R$ 200
Terapia adolescente - R$ 200

3 anos de experiência: Dificuldades em relacionamentos, Burnout no trabalho, Trauma psicológico, Ansiedade e insônia

Atendo apenas ONLINE

Convite de Administração



Costumo brincar que a escolha da minha profissão é a única área na qual jamais vou me frustrar. Eu amo o que eu faço, não tem uma área na psicologia que eu pense "essa eu odeio".
A psicologia me mantém de pé enquanto desejo de vida, faz parte de mim, do meu cotidiano, dedicação e êxtase.
Como escolhi essa profissão? Tentei anteriormente me engajar no Direito por vários motivos, não fui vista com bons olhos quando decidi psicologia, afinal muitos querem os famosos "doutores"... através de um acontecimento com alguém querido em relação à saúde mental, aprendi muitas coisas e dentre elas, descobri a profissão.
Posteriormente, em psicoterapia pude me desenvolver como pessoa, conhecer novas composições de mim e reduzir meus sofrimentos não em um sentido de cura, mas, em um sentido mais genuíno e real: saber lidar. E entender que nem sempre o saber lidar vai significar ser ou estar "x ou y", é subjetivo! No meu encontro com meu íntimo.
Acredito que o objetivo da psicoterapia é a autonomia e, que o encontro consigo seja de alguma forma amoroso.
Essa é a psicologia que me compõe!

A abordagem que utilizo é chamada de duas formas: esquizoanálise ou psicanálise alinhada à filosofia da diferença, é bem interessante por não nos prender no passado. Lógico, passamos por ele pra compreender certas questões mas não parasitamos ali.
A abordagem questiona muito as forças sociais e padronização da sociedade, que nos gera muitos adoecimentos e, trás um olhar pras coisas enquanto fenômenos.
Pautamos que cada ser é único, tem suas formas de ver e lidar com o mundo então por isso, perguntamos sempre: como funciona (pra você), se faz sentido e se faz, o que podemos fazer com isso. Se não faz, como podemos criar novas formas de lidar.
Olha-se pras emoções e pros afetos de forma muito valorosa, com empatia e acolhimento, por entendermos que o que sentimos influencia no nosso pensamento ao mesmo tempo em que o que pensamos, sentimos também.
O objetivo principal é a autonomia do paciente, então é um espaço que o paciente se coloca e diz sobre seus desejos, não há imposições.
Além disso, utilizo técnicas para além do verbal, recursos artísticos, como desenho, princípios meditativos, corporal e etc.
Claro, isso se o paciente assim desejar!
Uso a experimentação pra entrarmos em contato com novas sensações, afetos, experiências, pra que fluam coisas para além do que já se conhece, pra que o paciente crie seu próprio repertório e ferramentas.
Dependendo da demanda, utilizo técnicas de outras abordagens conforme necessário (sigo a teoria mas sempre aberta ao que o paciente precisa naquele momento, esse é o protagonismo)
Creio no psicólogo como uma espécie de "ferramenta" e, fazemos um trabalho em conjunto, acho que é algo de artesão mesmo, como uma costura artesanal
A vinculação, partilha, confiança, afetos, etc. com o terapeuta não fluírem, independente da abordagem, pode não haver adesão do paciente no tratamento e muito provavelmente a terapia não flui, justamente por ela acontecer nessa relação e é um dos motivos que não acredito em um tratamento em psicoterapia que não envolvam afetos entre os lados.

Tenho experiência em atendimentos com adolescente, adultos e idosos.
Na clínica, tenho focado no atendimento online, o que vem me dando muitas oportunidades de quebrar os limites territoriais e assim, conseguir acompanhar os paciente por onde quer que estejam e vice versa. Sou amante das artes e as utilizo enquanto técnica no espaço clínico.
Trabalhei nas Fundações Casa da região de Ribeirão Preto, com jovens em medidas socioeducativas com uma metodologia técnica vivencial, desenvolvendo o emocional e preparando para o trabalho.
Atualmente, sou idealizadora e co-coordenadora do "Projeto um olhar à juventude", desenvolvido para Instituições de Ensino, atuando com orientação de equipe e trabalho grupal com os alunos.
Além disso, faço um acompanhamento de desenvolvimento profissional de modelo individual em um modelo técnico-teórico-vivencial.

Especializanda em Saúde Mental;
Formação em Dança Criativa, baseado na psicologia do movimento;
Discente como Psicoterapeuta Corporal;
Formações variadas como Esquizodramatista em Belo Horizonte;
Formação em Análise comportamental, com base na Plataforma Sólides, voltado ao perfil;
Curso livre em História da Arte;
Práticas em Teatro;
Curso SER Facilitador Teórico Vivencial - Instituto Mandala.

Mini Curso Cuidados Paliativos;
Adoção;
Psicologia Jurídica;
Emergências Psiquiátricas;
Participante Grupo de Estudos em Saúde Mental;
Treinamento Zebu


Avaliações de clientes:

Psicólogos semelhantes na cidade Ribeirao Preto

Ana Adélia

Terapia de casal - R$ 220
Terapia individual - R$ 150

15 anos de experiência: Dificuldades em relacionamentos, Desenvolvimento pessoal, Separações e perdas, Conflitos no trabalho

Atendo apenas ONLINE


R$ 200 por uma sessão (hora)

office@terappio.com
© Terappio - Todos os direitos reservados